domingo, 4 de dezembro de 2016

Jogadores do Internacional manifestam vontade de não disputar a última rodada

Já foram dadas várias interpretações sobre essa manifestação dos jogadores do Internacional. Mas quase ninguém acredita que não tenha sido uma manobra da direção para criar algum tipo de impasse do qual o clube, seriamente ameaçado de ser rebaixado para a série B, pudesse se beneficiar. A se tratar disso o ato fica também caracterizado como inoportuno e oportunista. O que falta decidir sobre a série a do Campeonato Brasileiro deve ser feito no próximo domingo, data marcada para a última rodada (P.R.Baptista)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

ANÁLISE SOBRE A CORRUPÇÃO - Luis Felipe Miguel

Ao contrário do que prega o senso comum (alimentado dia sim, dia também pela mídia), não acredito que aquilo de que o Brasil mais precisa, hoje, é de uma cruzada contra a corrupção. A corrupção é um problema sério, mas há outros problemas ainda mais sérios. O foco na corrupção sempre contribui para rebaixar a compreensão da política, apagando os conflitos de interesses entre grupos sociais e substituindo-o pela luta entre bons e maus. Também contribui para legitimar medidas a...utoritárias, que acabam, naturalmente, atingindo muito mais do que apenas os "corruptos", reais ou pretendidos.
Não custa lembrar: o combate à corrupção era um tema central no autodiscurso dos golpistas de 1964.
Dito isto, sou obrigado a concordar com Renan Calheiros quando ele diz que as tais "dez medidas" propostas pelos procuradores só teriam lugar num regime fascista. Restrição ao habeas corpus, cassação de registro de partidos, admissibilidade de provas obtidas por quaisquer meios, vantagens pecuniárias a alcaguetes, emboscadas a funcionários públicos, transformação de delitos em "crimes hediondos", extensão ao infinito do instituto da prisão preventiva... Não são medidas que possam se adequar a uma sociedade democrática. E é pior ainda quando sabemos que polícia, ministério público e judiciário estão orientados a agir seletivamente, contra alguns grupos e partidos e não contra outros.
Imagino que a oposição de Renan às "dez medidas" se dê por razões diferentes das minhas. O que é o lado interessante da situação hoje: há uma fissura na coalizão golpista. Um embate entre o grupo que ocupa as posições centrais de poder (chamado aqui de PMDB, por economia de palavras) e o grupo que fornece a pretensa legitimação moral e popular para o golpe (a Lava Jato). No meio do caminho, o PSDB, que pela prudência deveria buscar conter a sanha anticorrupção (uma vez que é um dos partidos mais corruptos do Brasil), mas que tem contado com a leniência da Lava Jato e vê uma oportunidade de ficar com os espaços de poder que hoje estão com o PMDB. O risco é que, afastado o PMDB, pelo menos uma parte da Lava Jato decida levar às últimas consequências seu messianismo e passe a atingir também o tucanato.
O horizonte da Lava Jato é um Estado policial, com características que apontam para o fascismo. O projeto do PMDB é continuar com a esbórnia. Eu diria que, entre o fascismo e a esbórnia, prefiro ficar com a esbórnia, mas isso é só uma frase de efeito. Acho que o principal é que a gente entenda que não precisamos tomar lado nessa briga. Que não devemos aceitar esse enquadramento da disputa política. Nosso lado é outro, é o lado da rua, contra as medidas antipovo que estão sendo levadas adiante com o apoio de todos eles: PMDB, PSDB, Ministério Público, Judiciário. Esse corte divisório é muito mais central que o que se refere ao pacote anticorrupção.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

FOTOGRAFIA - Giselle Arthur

Foto Giselle Arthur

Esta foto faz jus ao conceito de que uma fotografia vale por mim palavras....

terça-feira, 29 de novembro de 2016

FOTOGRAFIA - Nelson Almeida

© Nelson Almeida/AFP/Getty Images                    

Numa imagem todo o sentimento do vazio, da ausência, do desaparecimento num instante da alegria de torcer por um time.
Do desaparecimento de uma pura e ingênua alegria de criança  (P.R.Baptista)

LISTA DA ODEBRECHT - 300 NOMES CITADOS

Lista da Odebrecht: os políticos e seus respectivos cargos e partidos
Veja quem são os cerca de 300 nomes mencionados nos documentos apreendidos pela Polícia Federal durante a 23ª fase da Operação Lava Jato.
Esta lista é a divulgada em março de 2016.

NOMES CITADOS PARTIDO UF CARGO
Antônio Carlos Magalhães Neto DEM BA Prefeito de Salvador
Carlo Caiado, o Caiadinho DEM RJ Vereador do Rio de Janeiro (RJ)
César Maia DEM RJ Vereador do Rio de Janeiro
Demóstenes Torres DEM GO Ex-senador
Jefferson Morais DEM AL Ex-candidato a deputado estadual
João Alves DEM SE Prefeito de Aracaju (SE)
José Agripino DEM RN Senador e presidente nacional do DEM
José Carlos Aleluia DEM BA Deputado federal
Leonardo Prates DEM BA Vereador em Salvador (BA)
Mandetta DEM MS Deputado federal
Mendonça Filho DEM PE Ministro da Educação e deputado federal licenciado
Milton Leite DEM SP Vereador em São Paulo (SP)
Paulo Souto DEM BA Ex-governador da Bahia, secretário da Fazenda de Salvador (BA)
Rodney Miranda DEM ES Prefeito de Vila Velha (ES)
Rodrigo Maia DEM RJ Deputado federal
Tião Bocalon DEM AC Ex-prefeito de Acrelândia (AC) e ex-candidato ao governo do Acre pelo PSDB
Aldo Rebelo PCdoB SP Ex-ministro da Defesa
Atila Jacomussi PCdoB SP Deputado estadual
Daniel Almeida PCdoB BA Deputado federal
Isaac Carvalho PCdoB BA Prefeito de Juazeiro (BA)
Jussara Cony PCdoB RS Vereadora em Porto Alegre (RS)
Manuela D’Ávila, ou “Avião” PCdoB RS Deputada estadual
Marcelo Malta PCdoB AL Ex-vereador em Maceió (AL)
Marcio Marques dos Santos PCdoB RJ Ex-candidato a deputado estadual (RJ)
Vanessa Graziotin PCdoB AM Senadora
Cid Gomes PDT CE Ex-governador do Ceará
Gilmar Sossella PDT RS Deputado estadual
Gustavo Fruet PDT PR Prefeito de Curitiba
João Bosco Vaz PDT RS Vereador em Porto Alegre (RS)
José Fortunati PDT RS Prefeito de Porto Alegre (RS)
Marcelo Essvein PDT RS Ex-vereador em Triunfo (RS)
Mauro Zacher PDT RS Secretário de Obras em Porto Alegre (RS), onde é vereador licenciado
Patrícia Sampaio PDT AL Suplente de deputada estadual, cargo que exerceu por quatro meses
Paulo Azeredo PDT RS Deputado estadual
Pedro Serafim Jr. PDT SP Ex-prefeito de Campinas (SP)
Ronaldo Lessa PDT AL Deputado federal
André Puccinelli PMDB MS Ex-governador
Antônio Ceron PMDB SC Secretário da Casa Civil do governo de Santa Catarina
Cristiano Matheus PMDB AL Prefeito de Marechal Deodoro (AL)
Edson Moura PMDB SP Ex-prefeito de Paulínia (SP)
Eduardo Cunha PMDB RJ Deputado federal, atual presidente da Câmara dos Deputados
Eduardo Paes, o “Nervosinho” PMDB RJ Prefeito do Rio de Janeiro (RJ)
Fabio Branco PMDB RS Secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia
Francisco Manoel de Carvalho PMDB RJ Ex-candidato a deputado estadual (RJ)
Gabriel Chalita PMDB SP Secretário municipal de Educação de São Paulo
Henrique Eduardo Alves PMDB RJ Ex-ministro do Turismo
Jader Barbalho PMDB PA Senador
Jarbas Vasconcelos, ou “Viagra” PMDB PE Deputado federal
Jarbas Vasconcelos Filho PMDB PE Candidato a vereador em Recife (PE), filho do deputado federal homônimo
Jorge Felippe PMDB RJ Vereador no Rio de Janeiro (RJ), onde preside a Câmara Municipal
Jorge Picciani, ou “Grego” PMDB RJ Deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa do RJ
José Priante PMDB PA Deputado federal
José Sarney, o “Escritor” PMDB AP Ex-senador e ex-presidente da República
Leur Lomanto Jr. PMDB BA Deputado estadual
Luis Fernando Pezão PMDB RJ Governador do Rio de Janeiro
Luiz Antônio Guaraná PMDB RJ Conselheiro do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro
Marcia Marques PMDB MS Ex-candidata a prefeita em Antônio João (MS)
Márcio Biolchi PMDB RS Chefe da Casa Civil do governo gaúcho e deputado federal licenciado
Marco Alba PMDB RS Prefeito de Gravataí (RS)
Mário Kértesz PMDB BA Ex-prefeito de Salvador (BA)
Mauro Poeta PMDB RS Prefeito de Triunfo (RS)
Moreira Franco , o “Gato Angorá” PMDB RJ Secretário do Programa de Parcerias de Investimentos e ex-governador do RJ
Nelson Bornier PMDB RJ Prefeito de Nova Iguaçu (RJ)
Nilson Bonome PMDB SP Secretário de Governo de São Caetano do Sul (SP)
Orlando Tolentino PMDB PE Secretário de Governo de Petrolina (PE)
Osmar Terra PMDB RS Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário e deputado federal licenciado
Pablo Mendes Ribeiro PMDB RS Ex-candidato a vereador em Porto Alegre (RS)
Paulo Cesar Melo de Sá PMDB RJ Deputado estadual
Pedro Augusto PMDB RJ Deputado estadual
Pedro Godinho PMDB BA Ex-vereador em Salvador (BA)
Renan Calheiros, o “Atleta” PMDB AL Senador, atual presidente do Senado
Romero Jucá PMDB RR Senador
Roseana Sarney PMDB MA Ex-governadora do Maranhão e ex-senadora
Sergio Aquino PMDB SP Ex-candidato à prefeitura de Santos
Sérgio Cabral, o “Proximus” PMDB RJ Ex-governador do Rio de Janeiro
Silas Brasileiro PMDB MG Deputado federal
Vanessa Damo PMDB SP Deputada estadual
Chiquinho de Zaira PMN SP candato a deputado federal por Santos (SP)
Afonso Hamm PP RS Deputado federal
Aguinaldo Ribeiro PP PB Deputado federal
Ana Amélia Lemos PP RS Senadora
Arnaldo Jardim PP SP Secretário de Agricultura do estado de SP e deputado federal licenciado
Ciro Nogueira PP PI Senador
Francisco Dornelles PP RJ Vice-governador do Rio de Janeiro
Frederico Antunes PP RS Deputado estadual
Giovanni Ferreira Derrico PP BA Ex-vereador e ex-candidato a prefeito de Camaçari (BA)
Jeferson Andrade PP BA Prefeito de Madre de Deus (BA)
João Carlos Nedel PP RS Vereador em Porto Alegre (RS)
João Fischer, ou Fixinha PP RS Deputado estadual
José Camilo Zito PP RJ Ex-prefeito de Duque de Caxias (RJ)
José Otavio Germano PP RS Deputado federal
Julio Lopes PP RJ Deputado federal
Kevin Krieger PP RS Vereador em Porto Alegre (RS)
Leonardo Hoff PP RS Ex-vereador de Novo Hamburgo (RS)
Luiz Fernando Faria PP MG Deputado federal
Mano Changes PP RS Deputado estadual
Marquinho Fiorella PP SP Vereador de Paulínia (SP)
Otomar Vivian PP RS Prefeito de Caçapava do Sul (RS)
Renato Molling PP RS Deputado federal
Ricardo Barros PP PR Ministro da Saúde e deputado federal licenciado
Toni Proença PPL RS Vereador em Porto Alegre (RS)
Arthur Oliveira Maia PPS BA Deputado federal
Luciano Resende PPS ES Prefeito de Vitória (ES)
Raul Jungmann, ou “Bruto” PPS PE Ministro da Defesa e deputado federal licenciado
Roberto Freire PPS SP Ministro da Cultura e deputado federal licenciado
Soninha Francine PPS SP Ex-vereadora em São Paulo (SP)
Anthony Garotinho PR RJ Secretário de Governo na Prefeitura de Campos dos Goytacases (RJ)
Clarissa Garotinho PR RJ Deputada federal
Rosinha Garotinho PR RJ Prefeita de Campos dos Goytacases (RJ)
Tonha Magalhães PR BA Ex-deputada federal e ex-prefeita de Candeias (BA)
Beto Mansur PRB SP Deputado federal
Celso Russomano PRB SP Deputado federal
Joao Pacifico PRB RJ Ex-vereador de Sumidouro (RJ)
Adalberto Souza Galvão PSB BA Deputado federal
Aidan Ravin PSB SP Ex-prefeito de Santo André (SP)
Beto Albuquerque PSB RS Ex-deputado federal
Eduardo Campos PSB PE Ex-governador de Pernambuco e ex-ministro da Ciência e Tecnologia (falecido)
Ettore Labanca PSB PE Presidente da Agência de Regulação de Pernambuco
Fernando Bezerra Coelho, o “Charada” PSB PE Senador
Geraldo Júlio PSB PE Prefeito de Recife (PE)
Heitor Schuch PSB RS Deputado federal
Heráclito Fortes PSB PI Deputado federal
Jonas Donizette PSB SP Prefeito de Campinas (SP)
José Pavan Júnior PSB SP Prefeito de Paulínia (SP)
Luciano Ducci PSB PR Deputado federal
Márcio Lacerda PSB MG Prefeito de Belo Horizonte
Marquinho da Bola PSB SP Vereador de Campinas (SP)
Renato Casagrande PSB ES Ex-governador do Espírito Santo e ex-senador
Severino Branquinho PSB PE Prefeito de Bezerris (PE)
Wilson Martins PSB PI Ex-governador do Piauí
Abelardo Leopoldino PSC AL Vereador em Marechal Deodoro (AL), onde é o presidente da Câmara Municipal
Alcebíades Sabino PSC RJ Prefeito de Rio das Ostras (RJ)
Leonice da Paz PSC SP Ex-vereadora em Campinas (SP)
Alexandre Silveira PSD MG 1º Suplente do senador Antônio Anastasia (PSDB-MG)
André Corrêa PSD RJ Deputado estadual
Cesar Souza Junior PSD SC Prefeito de Florianópolis
Coronel Teatini PSD MG Ex-candidato a vereador em Ipatinga (MG)
Dárcy Vera PSD SP Prefeita de Ribeirão Preto (SP)
Eduardo Alencar PSD BA Prefeito de Simões Filho (BA)
Edvaldo Brito PSD BA Vereador em Salvador (BA)
Raimundo Colombo PSD SC Governador de Santa Catarina
Ratinho Junior PSD PR Deputado estadual
Roberto Santiago PSD SP Ex-deputado federal
Sergio Zveiter PSD RJ Deputado federal
“Vereadores PSDB-SP” PSDB SP Não identificados
Ademir Lucas, ou “Demir” PSDB MG Ex-prefeito de Contagem (MG) e ex-deputado federal
Aécio Neves PSDB MG Senador
Alexandre José Berardinelli Arraes PSDB RJ Ex-candidato a vereador no Rio de Janeiro (RJ)
Antero Paes de Barros Neto PSDB MT Ex-senador
Arthur Virgílio PSDB AM Prefeito de Manaus (AM)
Arthur Virgílio Bisneto PSDB AM Deputado federal
Betinho Gomes PSDB PE Deputado federal
Beto Richa PSDB PR Governador do Paraná
Bruno Araújo PSDB PE Ministro das Cidades e deputado federal licenciado
Cássio Cunha Lima PSDB PB Senador
Cícero Lucena PSDB PB Ex-senador
Cristina Carrara PSDB SP Prefeita de Sumaré (SP)
Daniel Coelho, o “Comuna” PSDB PE Deputado federal
Dinha PSDB GO Ex-prefeito de Planaltina de Goiás (GO)
Duarte Nogueira PSDB SP Secretário de Transportes do Estado de SP e deputado federal licenciado
Dudu Ronalsa PSDB AL Vereador em Maceió (AL)
Elias Gomes PSDB PE Prefeito de Jaboatão dos Guararapes (PE)
Firmino Filho PSDB PI Prefeito de Teresina
Geraldo Alckimin PSDB SP Governador
Gláucia Brandão, ou “candidato Neves/MG” PSDB MG Ex-candidata a prefeita de Ribeirão das Neves (MG)
Guilherme Maluf PSDB MT Deputado estadual
Jaison Cardoso PSDB SC Prefeito de Imbituba (SC)
João Almeida PSDB BA Ex-deputado federal
Jorge Vi PSDB AL Ex-candidato a deputado federal
José Aníbal PSDB SP Suplente do senador José Serra (PSDB-SP) e ex-deputado federal
José Serra PSDB SP Ministro das Relações Exteriores e senador licenciado
Jutahy Magalhães Jr. PSDB BA Deputado federal
Luis Paulo Correa da Rocha PSDB RJ Deputado estadual
Luiz Carlos Hauly PSDB PR Deputado federal
Luiz Paulo Veloso Lucas PSDB ES Ex-deputado federal e ex-prefeito de Vitória (ES)
Marconi Perillo PSDB GO Governador de Goiás
Mendes Thame PSDB SP Deputado federal
Nelson Marquezan Jr. PSDB RS Deputado federal
Otávio Leite PSDB RJ Deputado federal
Pablito PSDB MG Vereador em Belo Horizonte (MG)
Paulo Abi-Ackel PSDB MG Deputado federal
Paulo Barbosa PSDB SP Prefeito de Santos (SP)
Paulo Câmara PSDB BA Vereador em Salvador (BA), onde preside a Câmara Municipal
Reinaldo Azambuja PSDB MS Governador de Mato Grosso do Sul
Rita Camata PSDB ES Ex-deputada federal
Roberto Carlos de Souza PSDB SC Prefeito de Navegantes (SC)
Rogério Marinho PSDB RN Deputado federal
Romero Rodrigues PSDB PB Prefeito de Campina Grande (PB)
Rui Palmeira PSDB AL Prefeito de Maceió (AL)
Tarsila Crusius PSDB RS Candidata a vereadora em Porto Alegre, filha da ex-governadora
Yeda Crusius (PSDB-RS)
Theotônio Vilella PSDB AL Ex-governador de Alagoas
Wambert Di Lorenzo PSDB RS Candidato a prefeito em Porto Alegre (RS)
Marcelo Nilo PSL BA Deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa da Bahia
Milton Temer Psol RJ Ex-deputado federal
Adão Villaverde PT RS Deputado estadual
Adeli Sell PT RS Vereador em Porto Alegre (RS)
Ademar Delgado PT BA Prefeito de Camaçari
Agnelo Queiroz PT DF Ex-governador do Distrito Federal e ex-ministro do Esporte
Alicia Neves PT RJ Ex-candidata a vereadora em Armazão dos Búzios (RJ)
Aloizio Mercadante PT SP Ex-ministro da Educação
Antonio Donato PT SP Vereador em São Paulo (SP)
Carlito Merss PT SC Ex-deputado federal e ex-prefeito de Joinville
Carlos Comassetto PT RS Vereador em Porto Alegre (RS)
Carlos Grana PT SP Prefeito de Santo André
Carlos Martins PT BA Ex-candidato a prefeito de Candeias (BA)
Carlos Todeschini PT RS Secretário municipal do Meio Ambiente de Canoas (RS) e ex-vereador em Porto Alegre (RS)
Carlos Zarattini PT SP Deputado federal
Carmen Gandarela PT BA Ex-prefeita de Madre de Deus (BA)
Custódio Campos PT SP Vereador de Paulínia (SP)
“Diversos vereadores” PT Não identificados
Donisete Braga PT SP Prefeito de Mauá (SP)
Edinho Silva PT SP Ex-ministro da Comunicação Social da Presidência da República
Elizabeth Siraque PT SP Vereadora em Santo André (SP)
Fátima Cleide PT RO Ex-senadora
Fernando Haddad PT SP Prefeito de São Paulo (SP)
Fernando Marroni PT RS Suplente de deputado federal e ex-prefeito de Pelotas
Fernando Pimentel PT MG Governador de Minas Gerais
Francisco Chagas PT SP Ex-vereador de São Paulo (SP) e ex-candidato a deputado federal
Francisco Daniel Celeguim PT SP Prefeito de Franco da Rocha (SP)
Geraldo Simões PT BA Ex-deputado federal
Gilmar Rinaldi PT RS Prefeito de Esteio (RS)
Gleise Hoffmann PT PR Senadora
Heitor Luiz Lermen PT RS Ex-candidato a prefeito em Montenegro (RS)
Helen Cabral PT RS Ex-candidata a prefeita de Santa Maria (RS)
Humberto Costa, ou “Drácula” PT PE Senador
Jacques Pena PT DF Ex-presidente do Banco de Brasília (BRB)
Jairo Jorge PT RS Prefeito de Canoas (RS)
Jaques Wagner PT BA Ex-ministro do Gabinete Pessoal da Presidência da República
João Paulo Cunha PT SP Ex-deputado federal
João Paulo Rillo PT SP Deputado estadual
Jorge Bittar PT RJ Ex-deputado federal
Jorge Samek PT PR Diretor-geral da Itaipu Binacional
Josimar Campos de Souza , ou Mazinho PT RJ Presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção de Duque de Caxias (RJ)
Jussara Márcia PT BA Prefeita de Dias D’Ávila (BA)
Lessa PT BA Vereador em Salvador (BA)
Lindbergh Farias, o “Lindinho” PT RJ Senador
Luis Tavares PT BA Ex-candidato a vereador em Camaçari (BA)
Luiz Marinho PT SP Prefeito de São Bernardo do Campo (SP)
Luiz Sergio PT RJ Deputado federal
Marcelo Sereno PT RJ Ex-candidato a deputado federal
Marcia Lopes PT PR Ex-candidata a prefeita de Londrina, irmã do ex-ministro Gilberto Carvalho
Marcia Rosa PT SP prefeita de Cubatão
Márcio Pochmann PT SP Ex-candidato a prefeito de Campinas (SP)
Marco Maia PT RS Deputado federal
Marcos Cláudio Lula PT SP Vereador em São Bernardo do Campo (SP)
Marcos Daneluz PT RS Ex-deputado estadual
Maria do Carmo Lara PT MG Ex-deputada federal e ex-prefeita de Betim (MG)
Maria do Rosário PT RS Deputada federal
Nelson Pelegrino, o “Pelé” PT BA Secretário de Turismo da Bahia, deputado federal licenciado
Patrus Ananias PT MG Deputado federal e ex-ministro do Desenvolvimento Agrário
Paulo Bernardo PT PR Ex-deputado federal e ex-ministro do Planejamento e das Comunicações
Paulo Garcia, ou “Pastor” PT GO Prefeito de Goiânia (GO)
Paulo Teixeira PT SP Deputado federal
Pedro Eugênio Pinheiro PT PE Ex-deputado federal (falecido)
PH Lage PT Não identificado
Pinheiro do Sindicato PT BA Ex-candidato a vereador em Salvador (BA)
Ricardo Barbosa PT AL Ex-vereador em Maceió (AL)
Ronaldo Zulke PT RS Deputado federal
Sebastião Almeida PT SP Prefeito de Guarulhos (SP)
Tarcísio Zimmermann PT RS Deputado estadual
Tarso Genro PT RS Ex-governador do Rio Grande do Sul e ex-ministro da Justiça
Thomaz Beltrão PT AL Ex-candidato a vereador em Maceió (AL)
Tito PT SP Deputado estadual
Vanderlei Siraque PT SP Ex-deputado federal
Vander Loubet PT MS Deputado federal
Vânia Galvão PT BA Vereadora em Salvador (BA)
Waldir Pires PT BA Vereador em Salvador (BA)
Wellington Dias PT PI Governador do Piauí
Zé Geraldo PT PA Deputado federal
Oswaldo Barba PT SP Ex-prefeito de São Carlos (SP)
Armando Monteiro PTB PE Senador e ex-ministro de Desenvolvimento
Neilton Costa PTB AL Vereador em Marechal Deodoro (AL)
Sergio Zambiasi PTB RS Ex-senador
Ciro Tiziani Moura PTC SP Ex-candidato a governador e a prefeito de São Paulo (SP)
Rosinha da Adefal PTdoB AL Secretária de Defesa da Mulher do governo de Alagoas, ex-deputada federal
Alberto Castro PTN BA Deputado estadual
Luiz Carlos Ramos PTN RJ Deputado federal
Mauricio Bacellar PTN BA Ex-candidato a prefeito de Camaçari (BA)
Aluízio dos Santos Júnior PV RJ Prefeito de Macaé (RJ)
Aspásia Camargo PV RJ Deputada estadual
Dr. Paulinho PV SP Ex-candidato a prefeito em Mogi Guaçu (SP)
Eduardo Canuto PV AL Vereador em Maceió (AL)
Humberto Carballal PV BA Vereador em Salvador (BA)
Jovino Cândido PV SP Ex-prefeito de Guarulhos (SP)
Paulo Magalhaes Jr. PV BA Vereador em Salvador (BA)
Rodrigo Neves PV RJ Prefeito de Niterói (RJ)
Sílvio Camelo PV AL Vereador em Maceió (AL)
Randolfe Rodrigues Rede AP Senador
Geraldo Junior SD BA Vereador de Salvador (BA)
Paulinho da Força SD SP Deputado federal e presidente nacional do Solidariedade e da Força Sindical
Alfredo Sirkis sem partido RJ Ex-deputado federal
Vado da Farmácia sem partido PE Prefeito de Cabo do Santo Agostinho (PE)
Cleiber Santana AL Não identificado
Cacau Gomes AL Não identificado
“Candidato Valadares” MG Não identificado
“Candidato Porto Velho” RO Não identificado
“Candidato Palmas” TO Não identificado
Julio Damesa Não identificado

sábado, 26 de novembro de 2016

Depoimento de Delcídio Amaral - Discussão entre Moro e advogados de Lula


Não encontramos até agora registro mais completo do depoimento. Mas se não for completo dá, pelo menos, uma boa noção do teor. Um dos pontos que gera algum confronto refere-se a se considerar apenas pontos estritamente presentes no processo ou se outros relacionados dentro do contexto.

MORRE FIDEL CASTRO QUE SOBREVIVEU A 11 PRESIDENTES ESTADUNIDENSES - P.R.Baptista


Anunciada aos 90 anos a  morte de Fidel Castro que segundo o New York Times tirou o sossego de 11 presidentes americanos e permaneceu no poder mais tempo do que qualquer outro líder com exceção da rainha Elizabeth II.
Vão desaparecendo, assim, os últimos líderes mundiais remanescentes de meados do século passado.
Reverenciado pela esquerda e combatido ou mesmo odiado pela direita, torna-se de qualquer forma definitivamente um ícone a exemplo de seu companheiro Che Guevara.
As implicações da revolução cubana, uma pequena ilha na América Central, são muito grandes e, certamente, vão merecer com o desaparecimento de Fidel estudos renovados.
Em seu funeral espera-se a presença de grandes lideranças mundiais, embora certamente não de Donald Trump que já manifestou sua disposição de opor-se a Cuba .
Mas Fidel ainda vai, provavelmente,  ser uma referência nas discussões com muitos presidentes norte-americanos que estão por vir.
Talvez os próximos onze...

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

CALERO, GEDDEL, TEMER E A DISPUTA PELA VISTA - P.R.Baptista

O pedido de demissão do ministro da Cultura Marcelo Calero, ministério que a depender de Temer nem existiria porque só o manteve graças à pressão popular , afirmando estar sofrendo pressão do ministro Geddel e do próprio Temer , põe mais uma vez à luz a falta de condições morais do governo instalado.
Geddel tem interesses particulares na construção de um edifício em Salvador e pressionou o ministro para que a obra fosse liberada pelo IPHAN.
A obra ( imagem acima) foi embargada em razão de estar localizada em uma área tombada como patrimônio cultural da União, sujeita a regramento especial.
Os construtores pretendem erguer um prédio com 31 andares, mas o Iphan autorizou a construção de, no máximo, 13 pavimentos.

LEIA MAIS >>>

VEREADOR MARCUS CUNHA ENCAMINHA DOCUMENTOS CONTRA A PEC 55 AOS SENADORES GAÚCHOS

Moções de repúdio e abaixo-assinado contra a PEC 55 foram entregues aos 3 senadores gaúchos pelo vereador Marcus Cunha.
Ana Amélia (PP), argumentou ouviu os argumentos  mas votará a favor;
Paulo Paim (PT), é contra e lerá na tribuna os documentos entregues.
Lasier Martins PDT), ouviu os argumentos e disse ter assinado emenda para que o congelamento seja por 5 e não por 20 anos e que não atingisse a saúde e a educação.

JOHNNY ALF - O PAI DA BOSSA NOVA - P.R.Baptista



Johnny Alf (1929 - 2010 ) permanece até hoje à sombra de nomes, como João Gilbeto e Tom Jobim, apontados como os criadores da bossa nova.
No entanto os teria antecedido sem contudo, até por motivos sociais por não pertencer à elite carioca moradora da zona sul do Rio, ter conseguido superar essa condição a não ser, tardiamente, e ainda assim de forma muito eventual.
“Eu e a Brisa” é uma música composta por Johnny Alf , nome artístico de Alfredo José da Silva, lançada no disco homônimo do ano de 1967. A gravação mais famosa da canção é a da cantora Márcia. Esta gravação surgiu após a música de Johnny Alf ter participado do “III Festival de Música Brasileira”, em1967, da TV Record (canal 7 – São Paulo). A respeito dessa participação no Festival, Johnny conta que foi procurado pela cantora Márcia. Na época ele atuava como professor de música do “Conservatório Meireles” em São Paulo. Márcia queria se inscrever no Festival da Record e queria uma música. Alf tirou da gaveta, colocou título e letra em “Eu e a brisa”. A canção foi defendida brilhantemente por Márcia porém foi desclassificada. Esta desclassificação entrou para a história como a “mais clamorosa injustiça dos festivais”. Um mês após essa eliminação “Eu e a brisa” passou a tocar nas rádios de todo o Brasil e tornou-se um sucesso permanente. Alguns estudiosos consideram que Johnny Alf foi precursor da bossa-nova, antecipando-se em pelo menos três anos a suavidade sincopada que seria a marca registrada de João Gilberto. A canção esteve presente na trilha sonora das novelas “As Três Marias”(1980/1981 – Baby Consuelo), “Mulheres Apaixonadas (2003 – Márcia),
Na mostra sobre os 50 anos da bossa nova, Alf teve um encontro virtual com nomes como Tom Jobim, Frank Sinata, Ella Fitzgerald e Stan Getz. O artista tocava piano com as projeções dos colegas, já mortos, para um filme que foi exibido ao longo do evento. Segundo o curador da mostra, Marcello Dantas, Johnny Alf foi "o caso clássico do artista que não teve o reconhecimento a altura de seu talento. Alf foi um gênio e teve participação na história da nossa música".
Segundo o jornalista Ruy Castro, Johnny Alf foi o "verdadeiro pai da Bossa Nova".
Tom Jobim, outro dos primeiros artistas da Bossa Nova, admirava Johnny Alf a ponto de apelidá-lo de "Genial".
Reconhecimentos, contudo,  esparsos e tardios para um nome tão diretamente vinculado ao surgimento de um estilo musical, a bossa nova, que se tornou um dos fenômenos musicais mais universalizados da música popular.

domingo, 20 de novembro de 2016

sábado, 19 de novembro de 2016

O PASSEIO DO EQUINO - P.R.Baptista

Fato comum, de longa data, ao longo da avenida Ferreira Viana e arredores.
Cavalos soltos cruzando ou até transitando pela rua.
Este saiu das proximidades do shopping, cruzou a avenida junto à rótula e seguiu tranquilamente pela avenida São Francisco de Paula.
Os carros param ou contornam para dar passagem ao animal.
Algum motorista distraído ou pego de surpresa pode atropelá-lo.
Registros existem inclusive de morte e acidentes graves com atropelamento de cavalos por automóveis nessa zona da cidade.
Responsabiliza-se quem?
Os donos dos animais que não os deixam presos?
Os setores da prefeitura que lidam com esse tipo de situação?
Ou será o cavalo?



sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Calero pede demissão do Ministério da Cultura

Foto: Gabriela Biló/Estadão
Calero pede demissão do Ministério da Cultura e Roberto Freire pode assumir
Calero se desgastou depois de colisões com integrantes do alto escalão; o presidente nacional do PPS havia sido cogitado no início do governo Temer
Empossado em maio, depois de uma série de negativas aos convites para a pasta feitos pelo presidente Michel Temer, Calero sai de forma surpreendente, ainda sem esclarecer os motivos que o levaram a isso. Ele apenas entregou sua carta de demissão na manhã desta sexta-feira.
Pouco tempo depois, o presidente do PPS, Roberto Freire, foi visto chegando ao palácio
Notícias de bastidores dizem que Calero não cultivava um bom clima em Brasília, colidindo com integrantes de médio e alto escalão do governo. Quem fica em seu lugar é Mariana Ribas, secretária executiva do ministério, que assume interinamente o comando da área. 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

NOTÍCIAS DA GUERRA - Ayrton Centeno

Treze horas de pancadaria.
É o que apurou o Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, estudando o Jornal Nacional entre dezembro de 2015 e agosto de 2016.
A vítima do linchamento é Lula.
Ao todo, foram simplesmente 185 matérias de ataque ao ex-presidente! Neutras, 71. E favoráveis? Zero!
Em março de 2016, a loucura atingiu seu clímax: 85 matérias de espancamento.
No total, as 13 hora...s de pau puro – na verdade, 12h e 52 minutos – equivalem a sete partidas de futebol ou um mês inteiro de novela.
No discurso, pluralidade.

Na vida real, chacina.
Nenhum país se ergue com uma imprensa que atira primeiro e pergunta depois.
E que atira para um lado só.
Democracia nesse mundo de faroeste, sem lei e sem alma, é só mais uma palavra oca recheada de palha.

AS FILHAS DOS TREINADORES - P.R.Baptista



Em razão da invasão em campo por parte de Carol Portaluppi , filha do treinador gremista, auditores do STJD , por unanimidade, determinaram a perda do mando de campo do Grêmio para a final da Copa do Brasil.
Segundo o voto Otacílio Araújo, um dos auditores, " primeiro foi uma falta de respeito do treinador chamar sua filha para o banco de reservas e depois entrar em campo. Falta de respeito ao campeonato e também a instituição Grêmio. Ali ele quebrou as próprias regras. Um dirigente não pode ficar no banco de reservas e ela também não. Denegriu a imagem do Grêmio e, principalmente, deste tribunal. A invasão ou não acho que não houve, pois foi autorizada a entrar. Quando um segurança iria barrar a filha do técnico que é ídolo do clube? Acho que a medida socioeducativa não vai atender. A identificação houve, mas se fosse qualquer outro torcedor iria para o juizado e ficaria seis meses sem ir ao estádio"
Pelas redes sociais torcedores se mostraram irritados com a filha do treinador.
O fato lembra um pouco o papel ao qual Dunga se prestou ao servir de modelo, durante jogos da seleção, para Gabriela Verri, sua filha estilista. E embora ela afirme que as roupas não seriam de sua criação mas apenas presentes que dava ao pai, ficou caracterizado o gosto duvidoso e a tentativa de chamar a atenção para o seu nome.
Do mesmo modo a filha de Renato tem procurado, frequentemente, valer-se da fama do pai para impulsionar sua pretensão de ser modelo.
Mas o melhor seria que moda e carreira artística das filhas dos treinadores ficassem fora de campo.

domingo, 13 de novembro de 2016

QUAL É SUA TRINCHEIRA? - P.R.Baptista

As  lutas, os confrontos políticos, nem sempre se dão a campo aberto.
Um boa parte deve ser desenvolvido na retaguarda, no plano das estratégias a serem definidas.
Este é um momento crucial pois estratégias e decisões equivocadas podem representar um preço muito alto a ser pago.
Igualmente fundamental é manter ativas trincheiras que possam representar, o que é tão importante quanto a conquista, a manutenção de espaços de ação.
Mas estas trincheiras devem basear-se na presença e na capacidade de ação junto a setores de influência social e coletiva.
Não basta que sejam espaços individuais ou, como as redes sociais, nos quais apenas dividimos nossas opiniões com pessoas frequentemente que pertencem ao nosso próprio círculo de relações.
Além disso para que sejam considerados trincheiras deveriam vir acompanhadas com formas objetivas e concretas de ação.
Uma delas, no caso da redes sociais,  é o compartilhamento que corresponde a passar de mão em mão o que se discute.
Mas o principal sempre, seja qual for a situação, é se ter clareza do que se pretende e igual clareza, tão importante quanto esta, quanto à forma de alcançar.

JUNHO DE 2013, PARA LEMBRAR - P.R.Baptista

Será que entendemos devidamente o que ocorreu no Brasil em junho de 2013? Esse movimento que surgiu pela faísca de protestos localizados contra aumento de tarifa de ônibus em pouco tempo incendiou o país tomando proporções gigantescas as quais, num dado momento, pareciam incontroláveis. Foi um tipo de primavera política na qual os anseios populares buscavam ganhar espaço, ter voz, garantir direitos. Havia um ar de Maio de 68 nas ruas. Durante um bom tempo os políticos, tanto de situação quanto de oposição, permaneceram perplexos, emudecidos, sem saber como agir. Ficaram mudos. Inclusive o governo Dilma que perdeu a oportunidade histórica de propor e levar adiante reformas políticas e econômicas que pudessem responder à grande insatisfação popular que se manifestava naquele momento e, dessa forma, desimpedir-se do peso que os acordos aos quais seu governo esteve preso lhe impunham e que acabaram, de uma forma ou de outra, contribuindo para o desfecho que viria logo após. A seguir foram se sucedendo outros movimentos de rua, Não Vai Ter Copa, etc. , que conduziram às manifestações Fora Dilma. manifestações, estas últimas, que tiveram forte apoio da mídia ,decisivas no processo pró-impeachment. Agora, com a presidente já deposta, e tendo como bandeira Fora Temer , vivemos um novo ciclo de manifestações. O que nos espera?

sábado, 12 de novembro de 2016

EM CONTRA TEMPO - MOSTRA FOTOGRÁFICA DE LUCIANO PILTCHER



foto Marcclo Soares
Negativos fotográficos esquecidos por Luciano G Piltcher com imagens do Mercado Central de Pelotas de 1980, seu entorno, bares, açougues, lojas e personagens, são encontrados ao acaso e, enfim, transformados em uma exposição fotográfica.
 É “Em Contra Tempo” no Now Café Estilo a partir do dia 10 de novembro.
Endereço : Rua Anchieta 2139,- Pelotas